12 março 2011

danos colaterais


Um dos efeitos imediatos, para lá do tsunami, do abalo sísmico no Japão é o despoletar de actividade vulcânica.
Os vulcões Kizimen e Sheveluch na península russa de Kamchatka 'activaram-se' imediatamente após o sismo. Mas não foram os únicos: Karangetang na Indonésia acordou também (se bem que nesta zona raro será se algum 'dorme') e ainda na própria casa japonesa, Sakurajima não deixou a erupção para outros.
Vamos então ver o que nos reserva a todos as próximas horas/dias, mas com especial atenção no continente em frente de nós e em particular em duas falhas sísmicas importantes no espaço norte-americano: a falha de St.André e a falha de Nova Madrid.

0 comments: